Uma cerimônia (nada) tradicional, cheia de estilo e (muito) amor!

20479594_770948426411222_8958763408322692720_n

 

Ler ouvindo Something do grupo The Beatles (uma das músicas que marcou o relacionamento do casal <3)

Lu e Cris são um casal e tanto. Dessa forma, o grande dia deles não poderia ter sido diferente. Regado a muita animação e estilo os noivos trocaram o ‘sim’ em uma cerimonia lindíssima e digna de fotos incríveis. Um dia, sem dúvidas, inesquecível.


Como se conheceram.

“Nos conhecemos em uma das festas da faculdade de Arquitetura. Vi um post no Facebook, achei o nome bem convidativo (“Lady Gaga é o caralho” hehehe – prometeram e cumpriram uma festa bem rock n’ roll) e convidei uma das minhas melhores amigas para ir. Chegando na festa, o Cristiano estava recebendo os ingressos na porta e curti ele de cara! Muuuito gato e o melhor: minha amiga conhecia ele! Na hora fiquei com medo de ser algum caso dela né… ainda bem que não (risos). Essa amiga nos apresentou  e de cara foi uma conexão incrível. Depois desse date não paramos mais de encontrar. Em setembro vai fazer 7 anos que estamos juntos.”

 

Momento mais marcante antes do grande dia

Para a Lu: “Um dos momentos que mais me marcou foi dar a notícia do noivado para os meus avós maternos. Sempre foi o sonho deles “casar” a última neta. Foi lindo! Eles amam muito o Cris também, então a comemoração foi grande.”

Para o Cris: “o pedido da mão da noiva para os pais dela também foi muito legal. Eles foram pegos de surpresa, mas já desconfiaram pelo fato do convite inusitado. Eles acharam muito respeitoso e ao mesmo tempo foi um momento divertido.”

 

O pedido

“Durante uma viagem para Jericoacoara. Eu estraguei o pedido umas 3 vezes… Ele queria fazer uma coisa romântica e eu estragava os planos hehehe e um dia antes uma amiga me mandou mensagem perguntando do anel (detalhe: ela não sabia). Ele quis morrer! Achou que iria estragar a surpresa… Ai ele fez uma reserva em um restaurante (o que achei beeeem estranho na hora. Sempre fomos de saídas inusitadas… nada muito planejado em viagens) e disse que queria muito ir e etc. Quando chegamos só a nossa mesa estava arrumada, cheia de flores! Achei que era coisa do restaurante por causa da reserva.. e o nosso objetivo era ver o pôr do sol (como eu tinha torcido o meu tornozelo não rolou pedido no pôr do sol nas dunas – mais um que estraguei né hehehe)… é uma das vistas mais bonitas de lá, mas estava vazio por causa das dunas, que fazem mais sucesso hehehe. Ai pedi o cardápio para ver um drink e ele disse para pedirmos um champagne… nessa hora eu estranhei muuuito! Não somos de pedir champagne… sempre fomos mais de drinks. Mas ai papo vai, papo vem… até chegar o sushi não teve nada… ai desapeguei. Ele levantou do nada e disse que iria ao banheiro, ai eu bem tranquila, já sem desconfiar… quando ele voltou disse que tinha alguma coisa no chão… era uma concha que havíamos comprado no primeiro dia. Como eu sou distraída e costumo colocar tudo na bolsa, meu primeiro pensamento foi  “que vacilo! Peguei isso sem ver e quase deixei cair!”.. ele pediu para eu balança e ver o que tinha dentro… o anel!! Foi muito bacana. Depois ele me disse um monte de coisas lindas… se declarou mesmo! Nem tenho foto minha de tão inchada que fiquei. Chorei demais. E fiquei sabendo que 2 meses antes ele tinha conversado com os meus pais! Nossa. Como eles conseguiram guardar segredo? Foi muito marcante tudo isso.

 

O grande dia

Queríamos um lugar fora de BH, que fugisse do tradicional e principalmente, que não tivesse limite de tempo para a festa! Foi muito difícil encontrar, mas assim que fizemos a visita foi amor à primeira vista. O lugar é incrível!

O que é essencial?

“Um bom cerimonial é fundamental! Nos ajudou muito durante o contato e as negociações com os fornecedores. A Ju foi nosso braço direito em tudo, nos melhores e piores momentos. Ela quem segurava a onda e dava ótimas soluções, sem falar no apoio durante o evento. E lógico, ela abraçou a causa de um casamento nada tradicional!”

Perregues? Tem também.

“Para mim foram algumas negociações com fornecedores. Tivemos alguns “perrengues”, mas a Ju, do cerimonial, interviu em tudo… Ajudou a deixar tudo mais leve. Também achei definir a lista e prever o número real de convidados um grande desafio. Recomendo que todos os noivos e familiares alinhem isso juntos, pensando sempre com os pés no chão e dentro da realidade do evento! Ficou bem mais fácil com o apoio de todos.”

 

Maior emoção do grande dia.

“Como diria o meu marido:  ver todas as pessoas que me amamos, de grupos e famílias mais diferentes, em um lugar só. É muito difícil isso acontecer no dia a dia, foi como mostrar uma parte nossa que algumas pessoas não conheciam.”

Momento mais lindo do grande dia.

“Sem dúvidas foi a nossa cerimônia, celebrada por nossos pais e amigos. Foi incrível a fala de cada um e nossos votos também. Foi tudo muito real e emocionante! Não queríamos um desconhecido, que não entende metade do que nossa vida juntos é.”

 

Anúncios

Um conto de fadas em Tiradentes

fernanda-diego0587_61ca9

 

Tudo começou…

“Há 3 anos no Jângal, um pub em BH de grandes amigos nossos, conheci o Diego. Logo começamos a namorar – o pedido foi feito em Tiradentes, durante o festival gastronômico (foi lindo)! O pedido de namoro foi feito com um lindo anel de ouro, com o nome dele gravado. Já sabíamos que seria para sempre!!! No primeiro aniversário de namoro retornamos a Tiradentes, durante o festival gastronômico para comemorar! Começou então, uma espécie de tradição nossa.”

O pedido

“No dia em que fizemos dois anos de namoro, estávamos em Mendoza, na Argentina. Durante o jantar no restaurante Francis Mallmann, Diego me surpreendeu com o mais lindo e romântico pedido de casamento e tirou do bolso as alianças. Quase morri! Eu iria me casar com o amor da minha vida. Não podíamos estar mais felizes! E para seguir a tradição, após retornarmos de Mendoza, fomos a Tiradentes, no festival gastronômico comemorar novamente, claro!”

Planejando o grande dia

“Optamos então por fazer um mini wedding. No início seriam apenas os pais,irmãos e sobrinhos dos noivos, totalizando 18 pessoas. Mas depois decidimos que nossos padrinhos não poderiam ficar de fora! Foram apenas 70 convidados, apenas família e amigos mais íntimos mesmo do casal. Esta escolha foi muito difícil, pois com certeza deixamos muitas pessoas amadas de fora. Com certeza, a parte mais difícil de todas.

O primeiro passo foi escolher a pousada, já que a cidade tinha que ser Tiradentes! Por uma sorte do destino, chegamos até a Pousada Solar da Serra. Sorte mesmo, já que a gente sequer conhecia a pousada. Quem nos levou até lá foi uma abelha. Isto mesmo! Eu e Diego estávamos visitando uma outra pousada quando fui picada por uma abelha. Como sou alérgica, fui até o Posto de Saúde da cidade e o enfermeiro que aplicou a injeção em mim me indicou a pousada Solar da Serra! Ao chegarmos lá nós ficamos encantados!

Cerimonial – Um dos itens mais importantes e o primeiro passo para começarmos a sonhar! De cara já adorei a Ju, produtora da Formato Produções. Ela me ajudou EM TUDO! Me encantei com ela e com seu minimalismo! Ganhei uma pastinha super delicada que me acompanhou todos os dias durante todo o planejamento! A fofa da Ju além de me ajudar com tudo e mais um pouco, ainda me deu uma sessão de MASSAGEM relaxante em um SPA! Nossa, como eu estava precisando (risos).

 

O grande dia!

“Tudo pronto, tudo comprado, tudo contratado, tudo entregue. Chegou o grande dia! Fomos na sexta-feira para Tiradentes, nós e todos os convidados. Fizemos uma noite de queijos, vinhos e caldos na pousada Solar da Serra! Graças a Deus não estava frio demais e o céu estava limpinho! Foi uma noite excelente.

Sábado. Chegou a hora! Hora de colocar o vestido, mulherada se maqueando e penteando. O quarto dos meus pais virou um salão de beleza! Abrimos um veuve clicquot, brindamos! Daminhas, irmãs dos noivos e mães dos noivos! Tudo lindo! Coração a mil…

Ouço o barulhinho do drone da filmagem. Música do quarteto de cordas começando… Frio na barriga aumentando.

Ouço a música da entrada do Diego e da minha sogrinha, depois da mãe e do sogrinho – era Something, dos Beatles. Em seguida Let it Go, os pajens e damas estavam entrando. Enfim, estava chegando a hora. Marcha nupcial e All of Me. Olho para meu pai e ele já estava com os olhos cheios de água… Foi tudo lindo, tudo perfeito! Tudo muito emocionante!

Festa!!!!!! Todos animados, se divertindo, celebrando! Não tinha como ser mais perfeito! Foi perfeita, foi tudo lindo.

No dia seguinte, café da manhã com os convidados e a despedida de um final de semana dos sonhos, que vai ficar eternamente em nossas memórias e em nossos corações!!! Só temos a agradecer a cada convidado e a cada profissional envolvido por tornar o nosso casamento um verdadeiro conto de fadas! Em retribuição, seremos eternamente felizes.”

 

Um pouco de cada fornecedor – Para quem quiser dicas da noiva, vale a pena seguir a leitura!

 

Maquiagem e Cabelo

“Assim que definimos a data, liguei logo para minha querida amiga e madrinha Ludmilla Almeida (@ludalmeidamakeup), pois não haveria a possibilidade de outra pessoa para me maquiar senão ela no meu grande dia! Além de amiga, ela é simplesmente a maquiadora mais perfeita e profissional que existe. Vocês podem ver nas fotos! Quanto ao cabelo recebi a indicação do Wagner Futro. Menino lindo, fofo, super amorzinho e mega profissional e talentoso. Assim que o conheci, já o contratei. Ele fez minhas luzes, fez o alongamento capilar mega divo também, pois a pessoa aqui não tinha muito cabelo. Agora tenho. Amei! Ele fez o teste do penteado e nós amamos o resultado. No dia ficou ainda mais lindo!”

 

Convites

“Optamos pela Bolacha Doce. Elas são super simpáticas e profissionais, recomendamos demais! A identidade visual ficou perfeita. Elas fizeram também os lencinhos, a chuva de arroz, os tags para as lembrancinhas, para os bem casados e os menus. Tudo lindo!”

 

Filmagem e fotografia

O terceiro passo foi escolher os fotógrafos e o vídeo! Me encantei com o Oscar Augusto, além de muito gracinha, é um super profissional! Atencioso, alegre, alto astral e tem muito bom gosto! No momento em que ele me mostrou o trabalho dele, eu me encantei!

Quanto às fotos, eu havia mandado e-mail para o Fernando Lutterbach (SOU APAIXONADA PELO TRABALHO DELE), mas só por desencargo de consciência mesmo, pois eu tinha certeza de que ele não teria mais a data disponível. Para minha surpresa, a Carol (esposa do Fernando) me respondeu falando que a minha data acabara de ficar disponível. Era o destino! Além de mega profissionais e talentosos, são dois fofos, super atenciosos.

 

Vestido

Tudo já encaminhado, faltava um grande detalhe: O VESTIDO! Fui com mãe na Marilia Pitta só para ter uma noção de preço, de modelo… Vi o meu vestido, apaixonei, experimentei e comprei! Simples assim (risos). Meu vestido é da marca La Sposa.

Decoração

“O Luiz, da Florescer, me ligou um belo dia e me convidou para tomar um café lá na empresa e conhecer o trabalho deles. Plin! Encantei. A Mônica e o Luiz são simplesmente demais! Atenciosos, extremamente profissionais, mas ao mesmo tempo carinhosos. Possuem um extremo bom gosto e respeitam o gosto da gente. São impecáveis em cada detalhe! Eles deram idéias excelentes para a decoração, ficou tudo lindo! E a pista de led? Ficou maravilhosa!”

 

Buffet

“Bravo!Cattering e eu duvido que haja melhor buffet no mundo! O coquetel volante é diferenciado, os doces são servidos em tacinhas ao invés de simples bombons… A qualidade, a fartura, o atendimento desde o proprietário André, que é super simpático, a Livia do financeiro que é uma fofa, aos garçons suuuuper simpáticos e atenciosos. Todos os convidados elogiaram demais o buffet, tudo perfeito!”

Bem-casados

Me recomendaram a Delicass para fazer os bem casados! Gente, juro que nunca comi um bem casado tãoooo gostoso e fofinho! Além disto, eles fizeram o tecido com a identidade visual do casamento, ficaram MARAVILHOSOS!

fernanda-diego0268_d8ad7

 

Outros…

Menimport foi onde comprei os vinhos e espumantes, optamos pelo Alamos/Malbec e pelo espumante italiano Bollicine Rosé, muito bons!

Elisa Castro para o bolo. A Elisa é super fofa e o bolo ficou lindo, além de muito muito muito delicioso.

– A Joy Deluxe fez as rasteirinhas. Ficaram divas!

– Na Marcia Marquez aluguei os acessórios. A Márcia é uma fofa e os acessórios dela são maravilhosos! Aluguei a tiara e os brincos.

– A banda para a cerimônia foi a Minueto. Gente, o Wender é super simpático e dá excelentes dicas! Escolhi um quarteto de cordas e eles fizeram arranjos especiais para as músicas que eu escolhi para a cerimônia… Super recomendo!

– A banda para a festa tinha que ser o Tom Nascimento! Eu e Diego somos encantados com o trabalho dele! Cantor profissional, alto astral, repertório perfeito, simpatia em pessoa! Todos os convidados amaram.

– Os DJ’s foram o Marco Sassen do Jângal (aquele pub onde eu e Diego nos conhecemos) e a Yumi Ogiwara! Mandaram mega bem!Todo mundo amou. Repertório eclético e animado!

– As roupinhas das daminhas (vestidos e capinhas) foi minha mãe, Áurea Aguiar, quem fez. Ficaram maravilhosos e muito bem feitos! Gente, ela aceita encomendas, viu? Whatsapp (31) 99231-9243. Ela também fez as gravatinhas dos pajens e do meu cachorrinho, o Godofredo! Além disto tudo, ela ainda fez os robes, tanto o meu quanto das irmãs e das mães! Ficaram divos, né?

fernanda-diego0350_fa479

– O topo do bolo eu comprei pelo Elo 7, de uma artesã chamada Maga Nogueira Arte Cerâmica, ela foi super atenciosa e os passarinhos ficaram perfeitos! Super recomendo!

Também no Elo 7 eu mandei fazer:

  • as plaquinhas dos pajens na Q! Casamento Bacana e elas ficaram PERFEITAS!!!!!
  • o quadrinho para deixar na mesa com as máquinas polaroid e o album de recados eu mandei fazer na Ateliêr A Cá Decora, super recomendo!
  • o quadrinho porta alianças que a gente colocou no carrinho dos bem casados eu mandei fazer na Sweet Leene Artesanatos e também mega recomendo!
  • o quadrinho chalk board eu mandei fazer na Amours e ficou divo!
  • o álbum de fotos para os convidados deixarem os recados eu comprei na GAIVOTHA e realmente é maravilhoso, qualidade impecável!
  • o porta alianças “To have and to hold” eu comprei na Loja da Noiva – Artigos para Noivas e Festas.

Um ‘sim’ perfeito em meio à natureza

2017-06-02-PHOTO-00000046

Aluízio e Renata se conheceram através de uma amiga em comum. Com brilho nos olhos e um sorriso de orelha a orelha Rê conta que em poucos meses o casal já estava apaixonado e já sentiam que eram para sempre. E dessa certeza surgiu o pedido de casamento, com menos de um ano de namoro, lá em Trancoso (BA). Imaginem só, que momento romântico e de tirar o fôlego!

Será que poderia existir um cenário mais incrível que este? SIM. E foi o grande dia, realizado na cidade dos noivos: Belo Horizonte. Depois de muito pensar e visitar lugares, eles encontraram o lugar perfeito. O Inhotim. Conhecido internacionalmente, o Inhotim é sede de um dos mais importantes acervos da ate contemporânea do Brasil. Mas. Além disso, tem um cenário de natureza que é incrível para celebrar o amor, não é mesmo? Quem conhece sabe bem.

E assim começaram os planejamentos e juntamente com Juliana Freitas, responsável pela produção de todo o casamento, começaram a dividir seus sonhos e desejos. Tudo foi pensado e criado para construir o dia perfeito dos sonhos de Alu e Rê. “O cerimonial foi um dos primeiros itens fechados, afinal, é com ele que nós conseguimos nos direcionar e orientar quanto aos outros fornecedores. Além de ser imprescindível no dia da celebração e recepção – eles fizeram tudo acontecer do jeitinho que sempre sonhamos”, Renata conta uma dica importante.

Uma recepção intimista, para familiares e amigos mais próximos. Com uma energia incrível, abençoado por Deus e com a natureza de testemunha, assim foi o dia do SIM. “Quando (finalmente) chega o grande dia é uma alegria e uma ansiedade enormes. A entrada no altar é indescritível! Ver todas as pessoas celebrando e comemorando a nossa união também é muito legal”, Renata lembra emocionada.

Para tanta imaginação e criatividade dos noivos, eles ousaram e fizeram diferente: aderiram o lenço ao invés da lapela de flor. E assim foi a entrada dos padrinhos, com um lindo lenço na cor vinho.

2017-06-02-PHOTO-00000051                                                           

A decoração foi idealizada para integrar a natureza do Inhotim. Foram utilizadas folhagens, suculentas, musgos, orquídeas e muita criatividade da equipe da Verde Musgo que brilhantemente projetaram a mesa de doces ao redor de uma árvore enorme, na qual seus galhos se transformaram em lindos suportes para os aquários de flores. Um conto de fadas não é?

O buffet Club do Chef assinou a área das gastronomia que encantou a todos com seu paladar único e inovador. E, claro, animação não faltou nesse casamento!

Que tal casar no Inhotim também? Para se inspirar e sonhar acordada, confira algumas das fotos deslumbrantes da Renata e do Aluízio.

 

 

 

Fornecedores

“Nós contamos com os melhores fornecedores do mercado mineiro de casamentos e isso foi fundamental para o sucesso do evento.”

Cerimonial: Formato Produções

Buffet: Club do Chef

Decoração: Verde Musgo

Filmagem:Abra Mídia

Fotografia: Bárbara

Música: Music Produções

Drinks:Barmes

Doces: Projeto Chocolate

Vestido: Tetê Rezende Unique

Terno:Klus

Experiências compartilhadas – Renata viveu um sonho lindo em Cancún, se inspire!

Cas.Renata &amp; Henrique_01025_1
Photo: Renato Mendes

Dica: Leia este depoimento ouvindo “Coisa Linda” do Tiago Iorc. Foi a música que marcou e define toda a experiência da Renata.

“ Após muito tempo (mais precisamente nove meses), finalmente consegui parar um pouco para contar a vocês e tentar resumir o que foi e como é realizar o sonho de se casar em Cancún.

Eu e o Henrique nos conhecemos em 2005 pela internet. Uma amiga minha era amiga dele e neste dia ela dormiu na minha casa e falou com ele pelo antigo “MSN”. Quando ela saiu do computador para tomar banho, a conversa ficou aberta e eu fui falar para ele que ela tinha saído do computador. Foi quando ele começou a puxar assunto comigo e pegou o meu email. Dali em diante, nos falávamos todos os dias, até que certo dia ele resolveu me encontrar no Sigma (minha escola do ensino médio) para me conhecer pessoalmente. Ficamos 8 meses com amizade colorida, até que resolvemos apostar no namoro dia 04 de março de 2006. E 10 anos depois nos casamos.

Toda a ideia começou por quatro motivos:

  • Sempre sonhei em me casar em um local aberto, independente se fosse para cerimônia, festa ou os dois;
  • Nós dois simplesmente AMAMOS praia;
  • Por incrível que pareça, mesmo após 10 anos de namoro, nunca sonhei com um casamento grande com festa para 300, 400 pessoas;
  • Este talvez tenha sido o principal motivo: sempre amei a ideia de poder curtir meus amigos e familiares por mais tempo comemorando essa grande etapa nas nossas vidas do que apenas durante uma noite. E isso é algo que apenas um Destination Wedding pode te oferecer.

Bom, posso começar dizendo que quem acha que é muito mais fácil casar fora pelo fato de já ter tudo praticamente pronto em um mesmo lugar (como os pacotes de resort), está enganado.  Acredito que um Destination Wedding tem as mesmas preocupações ou ainda mais delas do que um casamento realizado na sua própria cidade.

Começando pelo fato de que, quando você está se programando para casar a centenas ou milhares de quilômetros de distância da cidade em que vive, tem que estar com sua mente e coração preparados para sonhar muito mais em como será seu grande dia, do que esperar por ver ou degustar, ou tocar ou escolher as coisas. Tem de se contentar com as fotos enviadas por fornecedores que você não conhece ou que nunca ouviu falar e pedir a Deus para que a realidade seja tão perfeita quanto aquelas fotos (afinal, quantas histórias de propaganda enganosa já presenciamos, não é mesmo?).

Tem que aprender a se virar e falar o dialeto “casamentício” em uma língua que não é a sua como, por exemplo, descobrir como falar nomes de flores em inglês ou espanhol… Ou pelo menos tenha ao seu lado uma pessoa para te ajudar nessa hora (vale ser cerimonial – que é o mais indicado – amiga, mãe, irmã, sogra, enfim…). E, principalmente, tem que desapegar de toda aquela ideia de que você irá chegar no seu casamento e terão todas as pessoas que você tinha certeza de que estariam lá, independente das circunstâncias. Sim, acho que essa é uma das partes mais difíceis.

Quando eu e meu marido decidimos que casaríamos em Cancún, tivemos uma imensa minoria nos apoiando e uma gigantesca maioria sendo contra. Nesse momento, tudo o que você precisa fazer é absorver e deixar pra lá… Afinal, esse é um sonho único e exclusivo do casal e, se você não souber filtrar alguns comentários e deixá-los do lado de fora da programação, você provavelmente irá se desgastar. Dito isto, eu e meu marido resolvemos olhar pelo lado bom da história e pensar que, infelizmente, muitas pessoas que gostaríamos que fossem não poderiam estar lá por centenas de motivos e, talvez, isso os deixasse chateados por não poderem presenciar esse momento de nossas vidas e, sendo assim, eles preferiam que casássemos aqui. Por outro lado, tínhamos certeza que absolutamente 100% dos que estariam ali presentes estavam lá por nossa causa, pois nos colocaram como prioridade na vida deles, se programaram para deixar trabalho, outras viagens e compromissos de lado e estar ali para celebrar essa realização do nosso sonho. Mais que isso, eles sonharam esse momento com a gente e agora estavam ali para realizá-lo junto conosco.

Voltando ao assunto do planejamento do nosso casamento, devo dizer que passamos por muitos sustos. Entre eles (e talvez o principal deles) foi o fato de termos escolhido inicialmente uma agência de viagem e de assessoria de Destination Wedding que nos deixou na mão. Faltando exatos três meses (SIM, TRÊS MESES) para o nosso casamento, descobrimos que todas as pessoas que fecharam a viagem através dessa empresa, bem como todos os fornecedores do resort que eu tinha fechado através deles, não estavam confirmados pois a suposta empresa não havia reservado NADA, o que incluía a nossa capela de frente pro mar para cerimônia, nossa decoração e principalmente os quartos e voos que haviam sido pagos. Exatamente, poderíamos ter chegado lá e não ter absolutamente NADA reservado para o nosso casamento, nem mesmo a hospedagem. Após inúmeras tentativas de falar e resolver o nosso problema, a empresa simplesmente sumiu e eu tive que me passar por outra pessoa para que eles me atendessem pessoalmente em seu escritório em Campinas. Sendo assim, ainda tive a dor de cabeça de sair de Brasília para ir a Campinas com um advogado apenas pra ver se eu conseguiria reaver o meu dinheiro e o de todos os convidados que haviam fechado com eles.

Susto e dor de cabeça passados, conseguimos reaver o valor total e foi aí que uma amiga me indicou um anjo na minha vida: Juliana Freitas da Formato Produções. Ela foi uma das grandes responsáveis por não permitir que eu desistisse de casar em Cancún, Foi mais que uma cerimonial, ela foi meu ombro amigo e braço direito. Mesmo ela sendo de Belo Horizonte e eu de Brasília, se fazia presente como se estivesse a alguns passos da minha casa. Me enviou via Sedex os bem-casados e o pão de mel para que eu pudesse degustar. Além disso me ajudou com tudo o que ainda faltava e que eu estava desesperada… (Ju, obrigada por salvar nosso sonho).

prc3a9via-renata_00769.jpg

Porém, assim como eu disse que há quem acredita que um Destination Wedding é muito mais fácil do que parece, também há quem ache que é muito mais difícil do que realmente é. Sendo assim, achei bacana colocar em tópicos algumas dicas para facilitar a vida de quem, assim como eu, sonha em se casar fora:

  • Tenha uma cerimonial que conheça o lugar que você irá casar, ou pelo menos a cidade em que será realizado seu casamento e que fale a mesma língua que a sua (idioma e metaforicamente falando);

 

  • Pesquise bastante sobre o resort e pacotes de casamentos disponíveis. A grande maioria dos resorts em Cancun tem pacotes até mesmo para festas sem ter que desembolsar nem um dólar a mais.

 

  • Avise seus convidados (e principalmente padrinhos) com antecedência. No nosso caso, avisamos com um ano de antecedência para que, assim, eles pudessem se programar para tirar férias nesse período.

 

  • Peça muitas e muitas fotos para os fornecedores para que você possa imaginar uma coisa real.

 

  • Leve um fotógrafo e uma equipe de vídeo de sua confiança aqui do Brasil. As fotos e o vídeo são tudo que irão restar após sua festa terminar e a cultura de fotos e vídeos brasileiros é bem diferente dos realizados em outros países. Sem contar que, quando você fecha uma empresa dessas do país em que se casará, eles geralmente têm um prazo de no máximo dois dias para te entregar o trabalho completo e, por mais que pareça uma ótima ideia ter suas fotos e vídeo com rapidez, lembre-se que a pressa é inimiga da perfeição.

 

  • Se for possível, leve também alguém para fazer sua maquiagem. A maquiagem mexicana é COMPLETAMENTE diferente da brasileira. Desde a qualidade dos produtos quanto a técnica de maquiagem em si. Lá eles costumam carregar muito a maquiagem, colocar aqueles batons vermelhos cintilantes e sombra pesada. Se você, assim como eu, gosta de uma maquiagem linda porém ideal para o local em que se encontra, te aconselho seriamente a tentar levar alguém do Brasil.

 

  • Lá eles não tem o costume de lavar o cabelo antes de fazer o penteado. Ou seja, tome banho e vá com cabelo molhado para que elas possam secar e fazer seu penteado da melhor forma possível.

 

  • Viaje já casado no civil aqui no Brasil. Faça apenas a cerimônia religiosa ou simbólica lá. Caso contrário você terá uma dor de cabeça em ter que levar vários documentos para o outro país, encontrar uma embaixada do Brasil lá e comparecer pessoalmente para fazer com que seu casamento seja validado.

 

  • Divirta-se com seus amigos, noivo e familiares durante todos os segundos dessa viagem maravilhosa. Não é todo dia que conseguimos juntar pessoas que amamos em um mesmo lugar e passar algum tempo com elas comemorando todos os dias da viagem.

Enfim, jamais conseguirei colocar em palavras o que foi vivenciar esses sete dias que passamos em Cancún. Eles voaram e deixaram uma saudade gigantesca!

Prévia Renata_00747
Photo: Renato Mendes

A parte mais difícil é…

Acredito que é preparar um casamento em outro país é o fato de ficar tudo na sua imaginação. É ter a ansiedade de querer ver, tocar, provar, ter certeza do que está sendo contratado e não ter como. É encontrar pessoas de confiança que te passem a confiança necessária para que você apenas sonhe e chegue lá e possa ver tudo concretizado.

 A parte mais gostosa é…

A parte mais deliciosa de toda a preparação (é difícil de conseguir escolher uma apenas) é o fato de ver todos que você ama indo realizar este sonho com você. Chegar lá e sentir o coração acelerado em saber que aqueles dias ficarão pra sempre na sua memória. É passar todos os dias olhando para o mar que irá selar seu compromisso com o amor da sua vida. Não sei dizer muito, só tem como sentir…

Tudo foi muito, mas muito,melhor do que eu sempre sonhei. Sem dúvidas o fato de chegar de carruagem segurando a mão do meu pai, encontrar com meu (agora) marido no altar e ver atrás dele o brilho nos olhos da minha mãe e o mar azul atrás, nunca sairá da minha cabeça. Sem contar o fato de poder dançar a noite inteira com pés na areia e só saber olhar pra cima e agradecer.”

 

 

Lista de fornecedores:

  1. Convites ->Papercut
  2. Maquiagem -> Amanda Ferreira (Brasília) e Fernanda Lanna (Belo Horizonte). Levei duas para poder dar para arrumar as madrinhas e a mim.
  3. Foto -> Renato Mendes
  4. Vídeo -> TLD Filmes
  5. Vestido -> Black Tie (São Paulo)
  6. Assessoria de viagem -> Luciano da agência de viagens CVC de Brasília
  7. Música ->  Sua Produtora (DJ Maurício Lobato)
  8. Cerimonial -> Formato Produções

 

Cas.Renata &amp; Henrique_02877
A carruagem dos noivos, digna de um verdadeiro conto de fadas! E viveram felizes para sempre…

À luz da lua ou do sol? – De dia ou a noite, independente do desejo dos noivos, os detalhes sempre fazem toda a diferença para deixar o casamento um arraso!

horários

 

Escolher o dia e o horário do casamento é uma das primeiras decisões que devem ser tomadas pelos noivos, afinal as demais etapas dos preparativos serão baseadas nessas informações.  Dependendo do período, a decoração, o vestido da noiva, o cardápio e outros detalhes devem ser diferentes. Quer ficar por dentro? Então acompanhe nossas dicas neste post!

Quando pensarmos no dia e horário do casamento, deveremos levar em consideração a estação do ano, o clima, o calendário de eventos e feriados, o estilo, etc. Para lhe ajudar a planejar uma cerimônia e recepção inesquecíveis e impecáveis, a Formato preparou algumas sugestões para que os detalhes escolhidos sejam coerentes ao horário da sua cerimônia e festa.

Decoração 

  • A dica para uma festa durante o dia é a decoração floral, contrapondo com toques de tecido listrados do mobiliário. Use e abuse de mesas ao ar livre com ombrelones e lindos arranjos florais.
  • Já para uma festa à noite, os tons quentes ganham a cena destacando o cenário noturno.

Maquiagem da noiva

  • Para o dia, nada de olho preto, maquiagens mais claras e leves são tudo a ver com o período diurno.
  • Para a noite, claro, o olho preto cai super bem!

 

Vestido

  • No período diurno, a dica é usar um vestido sem manga e, se a noiva gostar, pode abusar de alguns decotes ou fendas. Não aconselhamos usar muito brilho, viu? Prefira as rendas mais leves. Adoramos o véu curtinho ou até mesmo um voilete fica chiquérrimo.
  • Para a noite, o brilho é liberado! E caso esteja mais friozinho a manga é super bem-vinda. Ah, e véu longo é muito lindo.

 

 

Iluminação

  • A luz do dia favorece bastante a arte dos fotógrafos e da filmagem.
  • Para a noite é aconselhável um projeto luminotécnico para que seu evento seja bem iluminado e dimerizado, levando em conta algumas áreas mais importantes e específicas da festa.

 


Buffet e Bebidas  

  • O buffet de uma festa diurna pede comidas mais leves, como uma estação de saladas, chevicheria ou, até mesmo, uma ilha de pães, queijos acompanhados de vinho branco ou rose. Que tal, por exemplo, decorar um carrinho de bebidas servindo um delicioso clericot, aperol e uma deliciosa espumante?

 

  • À noite adoramos a ideia de harmonizar um belo vinho tinto com o jantar. E, para os amantes de uísque, a dica é servi-lo em forma de shots também, como um jackhoney – bem geladinho, a animação fica garantida! Para a madrugada, que tal um cardápio bem gordinho com direito a batatinhas fritas servidas em cones ou potinhos com um saboroso molho barbecue? E claro, não deixe de contratar um bom barman para servir os melhores drinks, como Cosmopolitan ou um charmoso Moscow Mule (que nos ganha só pela caneca).

 

E então, o que decidir? A escolha pode parecer difícil, mas vai muito de acordo com o perfil dos noivos. A luz do dia é a preferida dos fotógrafos e, além disso, dá um charme a mais para o local. Mas, para quem gosta e balada, as festas noturnas são ótimas para esticar a noite ao som de música boa!

 

Vale lembrar: as festas de dia demoram mais para acabar, então fique atento na contratação dos seus fornecedores para evitar gastos futuros. Combine as horas de trabalho de cada um e estejam cientes dos valores de hora extra!

 

horarios 2.jpg

Fazendo a lista de convidados – Não deixe ninguém de fora e lembre-se: antecedência é tudo!

lista-de-convidados-de-casamento-2

Planejar e criar uma lista de convidados para o seu casamento não é tarefa fácil. Com certeza, durante esse processo, surgirão muitas dúvidas. Mas não precisa se desesperar. A gente te ajuda!

Antes de começar todo o planejamento do grande dia a lista de convidados já deve estar bem elaborada – para não dizer pronta (rsrs). Os noivos devem ter cuidado e atenção desde o início. É importante que a lista esteja formulada e organizada, com nomes e sobrenomes, para que não haja dificuldades na hora de enviá-la para a gráfica. Além do mais, evitar fazê-la na correria, impede que saia algo errado e também que se percam os prazos.

Para começar, uma boa dica é fazer a lista juntinha do seu noivo, provavelmente existem muitos parentes e amigos, e juntos, não se esquecerão de ninguém!

Então, afinal, como e por onde começar?

Primeiramente: papel e caneta na mão – ou um notebook com o Excel aberto. Let’s do it!

1º passo – Comece pelos convidados mais próximos que fazem parte do convívio social (aqueles que fazem parte da sua rotina, que sempre compartilham de jantares, aniversários e viagens, por exemplo).

2º passo – Depois pense naquelas pessoas que você encontra de vez em quando, mas que são importantes (pode ser que façam parte do seu relacionamento profissional ou conhecido de algumas pessoas importantes para vocês. Resumindo, são pessoas que vocês têm certa proximidade, mas não fazem parte do seu convívio social rotineiro).

3º passo – Por último, mas não menos importantes, são pessoas que você deve convidar pelos pais e família. Mesmo que elas não façam parte do seu convívio social e nem são tão próximas, por elegância e educação é interessante convidá-las.

Enfim, pronta? Agora, junto à cerimonialista, os noivinhos poderão dimensionar as quebras, fazer alguns ajustes aqui, outros ali. Afinal, a lista de convidados implica em decisões muito importantes – como o orçamento disponível, ou a intimidade pretendida para o casamento pretendida.

Conte com a sua cerimonialista ou produtora de eventos para que todos os prazos sejam cumpridos.

Lembrete: é elegante que os convites sejam enviados aos convidados 45 dias antes para quem mora fora e 30 dias antes pra quem mora no mesmo local. Não é necessário entregar o convite com tanta antecedência.

Lembrete (2): o Save The Date deve ser enviado de 3 a 6 meses antes do evento para garantir que os seus convidados reservem a data nas agendas. O Save The Date é aquele recadinho curto, simples e, muitas vezes, lindo de ser ver. Nele é informado a data, local e o nome dos noivos. Se já tiverem um site com informações do local e do evento, inclua essa informação também.

Lembrete (3): contrate o RSVP para ter a noção real da quantidade de pessoas confirmadas. Isso é ótimo para evitar desperdícios ou até mesmo a falta de alguma coisa. Mas fique tranquila, o cerimonial te ajudará nisso.